A visão wabi-sabi e sua capacidade de realizar profundas mudanças de vida

Wabi-sabi representa uma visão de mundo proveniente da cultura japonesa, originária dos ensinamentos do Zen Budismo. Aplica-se de uma forma abrangente, mas principalmente através de uma visão estética centrada na aceitação da imperfeição e transitoriedade das coisas. As características estéticas do wabi-sabi podem ser estranhas aos nossos olhos ocidentais, habituados a formas perfeitas, harmônicas, grandiosas… Já o conceito wabi-sabi valoriza aspectos como a assimetria, a aspereza, a rugosidade, as irregularidades, a simplicidade, economia, austeridade, modéstia, intimidade e valorização da integridade ingênua de objetos e processos naturais. Esta apreciação estética está presente em vários elementos culturais japoneses, como no ritual da cerimônia do chá (chanoyu), na prática do ikebana e na arte do bonsai. Estas práticas requerem disciplina e técnica, e o resultado do trabalho do artista busca evocar emoções profundas no observador.

O termo wabi

Wabi descreve o sentimento de coisas que são naturais e simples. Denota simplicidade, silêncio, aquilo que tem sua própria beleza rústica. Inclui tanto o que é feito pela natureza quanto o que é feito pelo homem. Wabi também pode significar um elemento de desgaste acidental ou criado pelo acaso, que dá elegância e exclusividade para o todo, como o padrão feito por um esmalte fluindo ou uma trinca em um pedaço de cerâmica. 4f823-sang-bleu_kintsugi

O termo sabi

Sabi refere-se a elementos cuja beleza resulta da ação do tempo, como líquens, musgos e rugosidades encontrados em uma velha casca de árvore ou pedras, por exemplo. Mudanças que ocorrem em um objeto através do uso também tornam o objeto mais bonito e valioso. Tais detalhes demonstram a valorização dos ciclos da vida, o cuidado de consertar as coisas que sofreram danos.autumn20135 Imperfeição

Wabi-Sabi ocupa a mesma posição no conjunto de valores estéticos japoneses que os ideais gregos de beleza e perfeição ocupam no Ocidente. A Imperfeição é artisticamente valiosa na filosofia wabi-sabi. Imperfeição esta que não significa desleixo, ao contrário. A Imperfeição deve ser controlada pelo artista, com a expressão final de uma aparência natural, mas planejada e conduzida. Tomando a arte do bonsai como exemplo, visualizamos facilmente que este é um conceito totalmente diferente da topiaria, uma prática de jardinagem ocidental que utiliza podas constantes para dar formas geométricas ornamentais às plantas, mas com resultados bastante artificiais.

boj3-400x225

topiaria de arbustos

Tomando por base estes conceitos e vendo como estes influenciam a sociedade japonesa como um todo, rapidamente percebemos como nossa cultura ocidental, com seus valores e padrões, tende muitas vezes a desprezar a beleza wabi-sabi da natureza humana. Pessoas idosas podem ser tratadas como ultrapassadas, feias, enrugadas, fardos a serem carregados o mais brevemente possível. Pelo mesmo princípio, nos castigamos psicologicamente quando não conseguimos ter o “casamento perfeito”, os “filhos perfeitos”, manter o “emprego perfeito”, e ao mesmo tempo sermos belos, atléticos, bem sucedidos e com uma vida social ativa. A responsabilidade a que nos submetemos é cada vez maior, e quando começamos a desenvolver alguma consciência sobre a situação, somos rapidamente taxados de preguiçosos e  fracassados.

O conceito wabi-sabi defende justamente a singularidade do ser e a valorização de todas as etapas da vida, ressaltando tudo o que foi esculpido pela ação natural do tempo, e, por isso mesmo, torna-se absoluto. Na decoração, não faltam exemplos que ilustram o termo, como aquela velha poltrona com o couro manchado pelo sol, as porcelanas riscadas da sua avó, ou então o espelho embolorado pelo vapor do banho. Convidamos você a abandonar o perfeccionismo estressante e permitir-se ao wabi-sabi, afinal, apreciar a imperfeição é uma arte.
wabi2
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s